Constatação:

….entre corações vazios, meio-vazios, ocupados, o meu segue pulsando. Mas não impunemente, menos ainda sem marcas.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*